Coronavírus

Rui Costa alerta sobre crescimento generalizado da Covid-19 na Bahia e diz que "situação se torna mais grave"

[Rui Costa alerta sobre crescimento generalizado da Covid-19 na Bahia e diz que "situação se torna mais grave"]
24 de Maio de 2021 às 10:44 Por: Vagner Souza/BNews Por: João Brandão e Diego Vieira

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), fez um alerta sobre o aumento disparado de casos da Covid-19 nos últimos dias. De acordo com o chefe do executivo baiano, na última sexta-feira (21), o estado atingiu 19 mil infectados pelo coronavírus, número próximo a marca de 22 mil registrada no mês de março. Em conversa com a imprensa na manhã desta segunda (24), Rui enfatizou que o crescimento de diagnósticos da doença tem ocorrido de forma generalizada em todas as regiões da Bahia, e por isso, o momento requer mais atenção.

"O pior de tudo é que está crescendo de forma generalizada em todo o estado, não é localizado como foi das outras vezes. Com o crescimento generalizado a situação é muito mais grave. Quando há um crescimento cada região de uma vez, você vai equilibrando uma região com outra e crescendo tudo de uma vez não há o que equilibrar, portanto a situação se torna mais grave", afirmou.

Na ocasião, Rui ainda ressaltou a necessidade da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovar a importação da vacina russa Sputnik-V para imunizar, pelo menos, 50% da população baiana até julho.

"Estamos lutando para trazer vacina. Na sexta-feira formalizamos os últimos documentos vindos da Rússia no formato que a burocracia da Anvisa queria e agora esperamos que finalmente eles autorizem a importação [...] Essas vacinas são fundamentais para chegarmos em julho respirando aliviado, passando de 50% da população imunizada", disse.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar