Coronavírus

China anuncia venda de 550 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 para o consórcio Covax

[China anuncia venda de 550 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 para o consórcio Covax]
12 de Julho de 2021 às 10:48 Por: Divulgação/GovernoSP Por: Redação BNews

As farmacêutica chinesas, Sinopharm e Sinovac - que desenvolveu a CoronaVac em parceria com o Instituto Butantan no Brasil - anunciaram nesta segunda-feira (12) que vão vender 550 milhões de doses de imunizante contra a Covid-19 para o consórcio Covax. A iniciativa tem o apoio da Organização Mundial de Saúde (OMS), que vai auxiliar na distribuição das vacinas entre os países.

O Brasil faz parte do programa, mas só aderiu à contratação de 1/5 do que tinha direito, que totaliza 42,5 milhões de doses - o equivalente a 10% da população. O país tinha a opção de reservar doses para cobrir 50% dos brasileiros.

De acordo com o Globo, o Ministério da Saúde justificou a adesão à quantidade mínima de doses pois elas serão destinadas somente aos "grupos de risco". O documento assinado pela secretaria-executiva da pasta, que já teve em seu comando o coronel Élcio Franco, argumenta que não seria necessário imunizar toda a população do país.

Muitas nações mais pobres depositam no consórcio Covax a esperança para tentar se equiparar aos países mais desenvolvidos na cobertura vacinal contra o novo coronavírus. A Moderna também se comprometeu a fornecer 500 milhões de doses, mas que só serão entregues no próximo ano.

Classificação Indicativa: Livre


Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar