Cultura

Com estreia nesta terça, série mostra caso de baiana tratada como escrava em Salvador

[Com estreia nesta terça, série mostra caso de baiana tratada como escrava em Salvador]
04 de Maio de 2021 às 17:48 Por: Divulgação / HBO Por: Redação BNews

O caso da baiana Gabriela de Jesus Silva, encontrada em uma casa no bairro de Itapuã, em Salvador, em condições análogas à escravidão, virou episódio de série do canal de TV por assinatura HBO. O fato ocorreu em junho de 2008, quando a jovem, com 25 anos na época, era mantida em cárcere privado por um casal que a obrigava a fazer absolutamente tudo o que eles queriam. 

Natural do município de Cansanção, no interior da Bahia, Gabriela foi viver com a professora Maria Helena Silva e comerciante José Carlos Carreira da Silva após a promessa de que, além de ter os custos da sua educação arcados, seria tratada como uma filha.

A vítima, no entanto, era tratada como escrava, mantida trancada em casa, agredida constantemente e liberada para sair apenas para comprar pão e demais itens determinados pela família. 

A história de Gabriela é relatada no primeiro episódio da série documental Escravidão - Século XXI, que estreia nesta terça-feira no HBO, com direção de Bruno Barreto e Marcelo Santiago. 

“Esse caso nos chamou a atenção pela dramaticidade, porque Gabriela viva em condições precárias, é uma vítima clássica da escravidão contemporânea, que perdeu a dignidade e a identidade”, relataram os diretores.

O primeiro episódio da série recebeu o nome de “Cultura da Escravidão”. A série é baseada nas ideias de Luiz Carlos Barreto, produtor de cinema brasileiro e pai de um dos diretores.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar