Denúncia

Dias D'Ávila: trabalhadores cobram pagamento de terceirizada da Embasa

[Dias D'Ávila: trabalhadores cobram pagamento de terceirizada da Embasa]
19 de Maio de 2015 às 10:39 Por: Caroline Gois (Twitter: @goiscarol)


Cerca de 70 trabalhadores que realizavam as funções de saneamento básico e serviços de esgotamento da Embasa estão sem receber direitos trabalhistas há cerca de dois meses, conforme denúncia enviada ao site Bocão News, na manhã desta terça-feira (19). De acordo com o presidente do Movimento Livre Pró Cidadania, Valdir Carlos da Silva, a empresa terceirizada Master Top não pagou o aviso prévio do artigo 477, rescisão, multa dos 40%, o salário retroativo e o de abril, além de cesta básica conforme convenção coletiva e vale transporte. "Estou aqui para apoiar os trabalhadores que me chamaram para esta manifestação", afirmou ao Bocão News, enquanto se organizava na porta da Embasa, junto com os trabalhadores, na cidade de Dias D'Ávila, Região Metropolitana de Salvador.
 
Ainda conforme Valdir, muitos trabalhadores estão sem ter o que comer e "a Embasa confirmou que repassou R$ 300 mil da fatura para a Master, que ainda não repassou para os trabalhadores. Depois a Embasa se comprometeu a pagar e até agora ninguém recebeu nada", denunciou.
 
A reportagem do Bocão News já entrou em contato com a assessoria de Comunicação da Embasa, que prometeu enviar nota sobre o caso. O site também tentou falar com o gerente da Master Top, identificado como Everaldo, e os dois celulares dele não tiveram as ligações atendidas. Nenhum número fixo foi localizado da empresa para se tentar contato.
 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar