Denúncia

Colaboradores da Coelba fazem manifestação e cobram salários atrasados há mais de 45 dias

[Colaboradores da Coelba fazem manifestação e cobram salários atrasados há mais de 45 dias]
14 de Janeiro de 2021 às 11:39 Por: Reprodução / Redes Sociais Por: Brenda Viana

De acordo com informações obtidas pelo BNews, os funcionários, que são terceirizados da empresa Dínamo, estão há mais de 45 dias sem receber salário. Outra reclamação é a falta de equipamentos para trabalhar no dia a dia, principalmente materiais que possam utilizar para a proteção, seja nos trabalhos externos, quanto para se resguardar contra o coronavírus.

Em um vídeo enviado à reportagem, o líder do protesto, que estava pacifico, fala que essa falta de atenção é difícil.  “Está esperando o trabalho morrer para depois investir na segurança do trabalhador”, diz em meio a outros funcionários. Ele afirmou que, mesmo na pandemia, o serviço de energia não parou e os colaboradores trabalharam incansavelmente.  

Procurada pelo BNews, a Coelba afirmou que os pagamentos e demais obrigações trabalhistas são de responsabilidade da Dínamo. “Coelba ressalta ainda que já notificou a referida prestadora para que preste os esclarecimentos necessários e regularize as pendências porventura existentes, sob pena de aplicação das penalidades contratuais cabíveis Coelba ressalta ainda que já notificou a referida prestadora para que preste os esclarecimentos necessários e regularize as pendências porventura existentes, sob pena de aplicação das penalidades contratuais cabíveis”, explicou.

A reportagem tentou contatar a terceirizada Dínamo pelo número disponível na internet, mas não obteve êxito até o fechamento desta matéria.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar