Denúncia

Unirb acusa Sinterp por não reconhecimento de curso; sindicato rebate

[Unirb acusa Sinterp por não reconhecimento de curso; sindicato rebate]
Por: Reprodução Por: Tiago Di Araujo (twitter: @tiagodiaraujo) 0comentários
Após denúncia dos ex-alunos da Faculdade Regional da Bahia (UNIRB) concluintes do curso de Radialismo junto ao Bocão News, referente a negativa da Superintendência Regional de Trabalho Emprego e Renda (SRTE) para emitir o Registro Profissional, a instituição de ensino também procurou a reportagem do Bocão News para esclarecer o assunto.
 
De acordo com a UNIRB, o Registro Profissional dos alunos junto à SRTE é de responsabilidade do Sindicato dos trabalhadores em Rádio, Tv e Publicidade do Estado da Bahia (Sinterp). A instituição enviou para reportagem do Bocão News o termo de convênio entre os órgãos, em que aponta na cláusula segunda tal responsabilidade do sindicato. 
Além disso, nas disposições gerais do convênio, nos itens 6.4 e 6.5 reforçam que o Sinterp acordou antecipadamente em assumir totalmente os deveres alegados pelos alunos concluintes. 
A reportagem do Bocão News entrou em contato com o Sinterp, que através do coordenador Everaldo Monteiro, rebateu a acusação e isnenta sindicato sobre a denúncia.

"E como se trata de uma matéria de acusações, ao menos caberia a identificação das pessoas envolvidas, porque cita na matéria que há um jogo de empurra sem qualquer satisfação, o que não é verdade! Sempre estivemos presentes e não nos dispusemos a atender todos sem nenhum tipo de restrição as respostas cabíveis dentro do que compete a entidade. Inclusive já ocorreram diversas reuniões com vários grupos de alunos do curso dentro do próprio Sindicato, isto com a expectativa de resolver o problema. E como explicita no primeiro parágrafo da matéria, NENHUM SINDICATO tem ou deve ter a responsabilidade pela formação e capacidade profissional de quem deseja ingressar em qualquer profissão regulamentada por LEIS, e a dos Radialistas é uma Lei Federal devendo ao cumprimento das normas regulamentares por escolas reconhecidas e autorizadas pelo MEC a tais competências na formação da mão de obra emitindo ao termino dos cursos os certificados para \"CURSOS LIVRES, EXTENSÃO E ETC. \" e \"DIPLOMAS\" para Formação Profissional.Então, quem tem a incumbência pela emissão dos Registros Profissionais é tão somente o MTE/SRTE. O SINTERP/BA ,mesmo não tendo nenhum tipo de beneficio seja ele de qualquer natureza, vem tentando resolver o impasse entre a Instituição de ensino com os alunos que se matricularam ,pagaram,estudaram investiram tempo e dinheiro com o sonho de obterem seus registros frente ao MTE ate descobrirem que fora nagado.A responsabilidade do Sindicato esteve na divulgação de curso de formação de nível Técnico que estaria formando ,capacitando e regularizando trabalhadores irregulares e aos que começavam na profissão".



Publicada no dia 21 de outubro de 2014, às 15h30

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas