Economia e Mercado

Governo tenta segurar o consumo dobrando o IOF

[Governo tenta segurar o consumo dobrando o IOF]
08 de Abril de 2011 às 07:02 Por: Redação Bocão News e Agências
 

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou, nesta quinta-feira (7), mais um aumento do Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF) para conter o consumo e consequentemente, aliviar pressões sobre a inflação. O aumento da alíquota, que passa a valer a partir de hoje (8), é de 1,5 ponto percentual para operações de crédito de pessoa física. Com isso, o IOF para esse tipo de operação sobe para 3%.
 
Segundo o ministro, o aumento atingirá para todas as compras a prazo. Operações de crédito destinadas a empresas ou investimentos não serão atingidas pela medida. Mantega disse que, quando a demanda cair, o governo poderá revogar esse aumento da alíquota. O ministro admitiu que a inflação deste ano deverá sair do centro da meta, mas não será maior do que o índice do ano passado.
 



Fotos: Renato Araújo/ABr
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar