Economia e Mercado

Governo dobra taxa de IOF para conter inflação

[Governo dobra taxa de IOF para conter inflação]
08 de Abril de 2011 às 23:04 Por: Redação Bocão News

A partir deste sábado as operações de crédito parapessoas física terão o Imposto sobreOperações Financeiras (IOF) elevado da atual taxa de 1,5% para 3%, segundo anunciou o ministro da Fazenda, Guido Mantega nesta quinta-feira (7). O decreto foi publicado no Diário Oficial na sexta-feira (8).

De acordo com Mantega, todas as operações de crédito, todas as compras a prazo serão impactados por esse aumento. A elevação do IOF atinge, entre outras formas de crédito, o crédito direto ao consumidor (CDC), o crédito consignado, os financiamentos de automóveis e rotativo do cartão de crédito e todas as compras a prazo.

Apesar de negar que a inflação está fora de controle o ministro afirmou que a medida visa moderar o consumo e conter a alta da inflação, que atingiu 6,3% no acumulado em 12 meses até março e já ameaça ultrapassar a meta do governo que, segundo estimativa do Banco Central para este ano é de 5,6%. (Com informações G1)

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar