Educação

Estudantes de nível médico participam da Greve Geral da Educação em Salvador 

[Estudantes de nível médico participam da Greve Geral da Educação em Salvador ]
15 de Maio de 2019 às 16:30 Por: Marcos Maia / BNews Por: Marcos Maia 0comentários

Além da presença de docentes, discentes do nível superior e de políticos, os estudantes de nível médio também marcaram presença nas manifestações referentes a Greve Geral da educação realizados nesta quarta-feira (15). 

Entre estes, estavam grupos de estudantes do Instituto Federal da Bahia (IFBA). Muitos destes compareceram vestidos com a farda da instituição. Jéssica Santana, 16, aluna do curso técnico foi uma delas. "A gente tá vendo a importância desse movimento pela educação. Nenhum país consegue vencer sem educação", avalia. 

Juntos aos amigos Victor Queirós, Beatriz Dantas e Jade Cardoso, todos também com 16 e estudantes do segundo ano, Santana conta de que a iniciativa de comparecer a manifestação surgiu de todos eles. Ela conta que o interesse de ingressar em uma instituição pública de ensino superior no futuro próximo também serviu de motivação para participar da greve geral. 

"Se houverem esses cortes, tanto o nosso IFBA será prejudicado, quantos as universidades nas quais queremos entrar. Eu mesmo quero entrar na UFBA, mas até lá, não sei se vai mais existir", afirma. Jéssica conta que pretende trabalhar como design de interiores no futuro. 

As manifestações foram convocadas nas capitais e grandes cidades do país, em resposta ao contingenciamento de recursos anunciados pelo Ministro da Educação, Abraham Weintraub. Organizadas por sindicatos de professores e servidores das universidades, o ato em Salvador consistiu em uma passeata do Campo Grande à Praça Castro Alves. 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas