Eleições

Cidadania em primeiro lugar

[Cidadania em primeiro lugar]
03 de Outubro de 2010 às 16:09 Por: Maiana Brito e Thiego Souza
Aos 83 anos, o deficiente visual Antônio de Caldas Rolim, chegou à 12ª zona eleitoral, na Ucsal/Federação, acompanhado da filha. Com toda a dificuldade de locomoção afirmou que faz questão de exercer o direito de cidadão em todos os pleitos. “Enquanto puder andar, venho com minhas próprias pernas. Quando não mais puder vou querer me carreguem. Meu pai votou até os 97 anos. Vou seguir seu exemplo”, disse.

Ele se apoiava na filha e na bengala, encaminhando-se para o local de votação, quando declarou: “Quero ver o Brasil ir para frente”, afirmou.

Em relação à acessibilidade, João Avelino, deficiente físico de 38 anos, aprovou a mudança no Colégio Aliomar Baleeiro, em Pernambués, mas cobrou melhorias. “Agora tem rampa na entrada. Facilitou para mim. Falta agora fazer sanitários especiais para os cadeirantes”, salientou.

Para ele, colocar a plaquinha na porta não resolve. “Além do banheiro público de uso exclusivo, com vaso adequado, precisamos que coloquem dentro nos biombos pia com altura adequada para a gente. Não agüento mais me espichar para lavar a mão ou o rosto”, bradou.

Para concluir, Avelino disse que faz questão de votar e exercer o direito enquanto cidadão. “É a única forma de me manifestar e mostrar minha insatisfação”.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar