Eleições

Apenas 73 pessoas presas

[Apenas 73 pessoas presas]
04 de Outubro de 2010 às 15:04 Por: Luiz Fernando Lima

Fotos: André Carvalho
 

O primeiro turno das eleições já passou, candidatos eleitos, quadro político configurado. Contudo, mais uma vez, o dia do pleito fica marcado por uma série de ilegalidades cometidas que não sofreram nenhum tipo de punição. Ao todo, apenas 73 pessoas foram presas por fazer boca de urna, divulgação de propaganda e transporte ilegal de eleitores, entre outras ilicitudes.

Além do número ser irrisório, todas as prisões foram realizadas no interior. Ora, diversas pessoas testemunharam as práticas ilegais em Salvador. A equipe de reportagem do Bocão News, por exemplo, flagrou em colégios eleitorais a entrega de “santinhos” dos postulantes e vans transportando pessoas que distribuíam panfletos.

Prova de que a ilegalidade correu solta na capital pode ser vista na situação das ruas nesta manhã de segunda-feira (4). A papelada acumulada nas calçadas não deu folga aos garis em quase todos os bairros de Salvador.
 

A assessoria do Tribunal Regional Eleitora (TRE) argumenta que o órgão não é responsável pela fiscalização, cabe à Justiça Eleitoral julgar procedentes ou improcedentes os casos que chegam até ela. Sendo de responsabilidade do Ministério Público e da polícia militar e civil a fiscalização. Enfim, as atribuições, em tese, são bem dividas, entretanto nada eficiente.





Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar