Eleições

Carregando as baterias

[Carregando as baterias ]
08 de Outubro de 2010 às 13:49 Por: Daniel Pinto
“Aqui não é uma comemoração. É um descanso para carregar as baterias para trabalhar para que Dilma seja eleita presidente do Brasil”. Essas foram as primeiras considerações feitas pelo governador Jaques Wagner (PT), reeleito com mais de 4 milhões de votos, durante encontro com a base aliada na manhã desta sexta-feira (08), no Hotel Pestana, no Rio Vermelho
 
O auditório estava completamente tomado por lideranças políticas de diversos partidos, prefeitos, deputados eleitos e até mesmo os derrotados nas urnas, todos juntos para comemorar a vitória do “time” de Wagner e, principalmente, traçar estratégias para este momento decisivo da campanha nacional. 
 
O governador foi a principal “estrela da festa”. Por conta desta responsabilidade, coube a ele conter os ânimos dos apoiadores e pedir empenho no segundo turno. Mesmo assim, o líder do PT baiano trouxe uma notícia que animou os militantes. “Quero falar que já temos pesquisa na rua. Não está finalizada, mas já apuramos 30%. Até agora, Dilma tem 69% contra 31% do adversário. Minha meta, o meu compromisso com Dilma é que no dia da eleição ela tenha mais 70% dos votos dos eleitores baianos”, revelou.
 
Durante o resto do discurso, Wagner fez um pedido especial para que todos os envolvidos com o processo eleitoral mantenham os carros de som na rua e peçam votos para a candidata de Lula em todos os cantos do estado. Além disso, ele fez questão de lembrar do transporte dos  eleitores da zona rural e destacou a prioridade do projeto nacional. “Vamos cadastrar o maior número de veículos na Justiça Eleitoral para trazer o povo da roça para votar. Não tenham medo, isso não é crime. Basta fazer o registro no TRE-BA e deixar que todos possam usar o carro, até mesmo quem não vota na gente. Não esqueça que a maioria está do nosso lado. Vamos fazer uma campanha sem ofender ninguém. Temos que trabalhar em prol do que é mais importante para o Brasil. A nossa festa completa vai acontecer no dia 31, com a vitória de Dilma”. 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar