Eleições

Prefeituráveis continuam com 'picuinhas' por placas destruídas

[Prefeituráveis continuam com 'picuinhas' por placas destruídas]
13 de Agosto de 2012 às 12:07 Por: Adelia Felix (Twitter: @adelia_felix)
Aumentaram as queixas de coligações e partidos em relação a atos de vandalismo contra material de propaganda espalhados nas ruas de Salvador e no interior da Bahia nos últimos dias.

Seguindo o exemplo das picuinhas dos prefeituráveis da capital baiana, a candidata a prefeita na cidade de Santo Antonio de Jesus, a cerca de 193 km de Salvador, Dalva Mercês (PSB), também fez sua queixa.

De acordo com informações do Blog do Martins, os cavaletes com a propaganda eleitoral dos candidatos foram atacados com estiletes e rasgados de ponta a ponta, inutilizando as peças e produzindo efeito comum em todos os cortes, numa prova cabal de que trata-se de uma ação organizada e executada pelo mesmo grupo. Segundo o site, a equipe da postulante chama a atenção da Justiça Eleitoral para o fato.

Em Salvador, o candidato a prefeito de Salvador, o radialista Mário Kertész (PMDB), alfinetou ACM Neto, adversário dele na corrida ao Palácio Thomé de Souza, ao declarar que o candidato do DEM não é o único a ter placas destruídas.  Kertész disse que ACM NETO "se colocou como vítima exclusiva dos atos de vandalismo que destroem suas placas e cartazes espalhados pela cidade, o problema não é uma exclusividade dele".

ACM Neto prometeu interpelar o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) depois que mais de 27 placas dele foram destruídas
. A coordenação de campanha do postulante disse que cerca de 140 placas móveis e fixas já foram atacadas por vândalos sobretudo nas avenidas de vale de Salvador e em região como Cajazeiras e Calabar. "Queremos que a Polícia Federal investigue e que o TRE atue com o rigor que essa situação merece. Tem gente querendo baixar o nível da campanha apelando até para o vandalismo", disse a advogada de Neto, Lilian Reis.


Foto: Divulgação
Nota originalmente publicada às 7h


Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar