Esporte

Quais times são os golfinhos e caranguejos do futebol brasileiro?

[Quais times são os golfinhos e caranguejos do futebol brasileiro?]
26 de Abril de 2011 às 15:10 Por: Thiego Souza
O campeonato brasileiro de futebol da série A é ao mesmo tempo uma vitrine de grandes jogadores e um pesadelo para muitos clubes, principalmente para aqueles que retornam da série B. O foco inicial é o objetivo na elite, pois com a receita ainda menor, as possibilidade de elenco reforçado são as menores possíveis.


Desde 2003, com exceção de 2004, pelo menos um clube que sobe no ano anterior, acaba sendo rebaixado com apenas uma temporada na elite. Em compensação, também desde o ano citado, pelo menos uma equipe que é rebaixada, retorna no ano seguinte, menos nas temporadas de 2004 e 2007.

Iremos criar os times “golfinho” e “caranguejo”. Os clubes representados pelo primeiro animal são aqueles que nadam, sobem, fazem uma graça e retornam em seguida. Já os clubes que terão como “mascote” o crustáceo, são aqueles que começam a andar de lado, se escondem um tempo no buraco, mas retornam ao solo no ano seguinte quando se sentem incomodados.
Confira:

Golfinhos:
2003: Fortaleza
2004: O golfinho ficou escondido
2005: Brasiliense
2006: Santa Cruz
2007: América (RN)
2008: Ipatinga
2009: Santo André
2010: Guarani
2011: Será que algum time que subiu em 2010, fará uma graça e cairá em seguida? Coritiba, Figueirense, Bahia e América (RN) concorrem ao título.

Caranguejo:
2003: Palmeiras e Botafogo
2004: O caranguejo não saiu da toca
2005: Grêmio
2006: Atlético (MG)
2007: Que caranguejo preguiçoso, não retornou ao solo!
2008: Corinthians
2009: Vasco
2010: Coritiba
2011: Será que no ano atual teremos uma equipe caranguejo? Vitória, Guarani, Goiás e Grêmio Prudente concorrem ao prêmio.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar