Esporte

Lopes mantém a política dos pés no chão antes da final

[Lopes mantém a política dos pés no chão antes da final]
06 de Maio de 2011 às 11:26 Por: Thiego Souza
Cauteloso e confiante, esse é o treinador do Vitória, Antônio Lopes. Mantendo a política dos pés no chão, o comandante rubro-negro evita falar em favoritismo e afirma ficar feliz em cada conquista. “Não há otimismo nenhum. Tenho dito a eles que o time do Bahia de Feira é um bom time e que é um time mais perigoso que o de Salvador. Eles sabem que vamos enfrentar uma parada dura e não ganhamos nada”, disse.
 
Lopes não escondeu a escalar por afirmar que todos já sabem quem vai jogar. “Não há razão para esconder escalação, principalmente por causa de um time que todo mundo conhece, ainda mais que é o mesmo time que vem jogando desde a segunda fase”, comentou.
 
O treinador rubro-negro afirma saber como o Bahia de Feira irá entrar em campo. “Temos acompanhado o Bahia de Feira e sabemos a maneira que eles vão vir. A gente já sabe como eles irão jogar, mas as dúvidas do colega são mais por parte da parte médica”, afirmou.
 
Mesmo com 69 anos, Lopes ainda vive o “frio na barriga” de poder conquistar mais um titulo estadual. “É sempre bom na nossa profissão alcançarmos o máximo. Fico feliz, ainda hoje, depois de tanto tempo de estrada quando consigo o sucesso, quando ganho um jogo, uma competição, um estadual”, concluiu.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar