Geral

Artistas de Rua invadem a Ribeira

[Artistas de Rua invadem a Ribeira]
09 de Abril de 2011 às 14:50 Por: Redação Bocão News
 A poesia declamada de Jackson Costa, o graffiti de Sista K. e a turma dela, a dança contemporânea e flamenca de Clara Trigo, a oficina de construção de instrumentos musicais de material reciclado do multi-instrumentista William Rodrigues, além do tango do Tanmilonguero, da Argentina, são as novidades confirmadas na 7ª edição do Festival Internacional de Artistas de Rua, que vai invadir com arte e alegria ruas e praças da Ribeira, neste final de semana.

De Salvador, a caravana segue para Sobradinho, com apresentação no dia 12, e para Paulo Afonso, onde fica durante os dias 14, 15 e 16. São músicos, mímicos, acrobatas, marionetes, palhaços, artistas plásticos e muito mais artistas de dez países diferentes.

Este ano, um dos focos principais do evento é a limpeza urbana e a reciclagem do lixo. Por conta disso, vão ser realizadas oficinas de reciclagem durante todo o evento de rua. Para tanto, a organização do evento está contando com a colaboração da Associação Beneficente e Democrática de Alagados e Itapagipe (ABDAI), a Camapet, e do poder público.

A Oficina de Construção de Instrumentos Musicais de Material reciclado, a ser realizada pelo músico multi-instrumentista William Rodrigues, do Ceará, vai acontecer na sede da Associação Beneficente e Democrática de Alagados e Itapagipe (ABDAI), no período de 06 a 08 de abril. O resultado dos trabalhos será apresentado no último dia do evento.

Segundo a diretora geral do festival, Selma Santos, nesta oficina serão utilizados materiais recolhidos pela Camapet, Ong de Catadores do Lixo da região, onde participarão cerca de 30 meninos da Península Itapagipana.

No interior - Em Paulo Afonso o festival acontece com apresentações de três grupos de artistas em cinco escolas da cidade e uma no povoado indígena de Juá. No dia 14, os artistas transformam em palco o bairro de Tancredo Neves “Vamos incluir na programação do festival a Orquestra Municipal de Paulo Afonso, formada por crianças, e uma peça de teatro de rua da Associação Pauloafonsina de Dança e Teatro”, revelou Bernard M.Snyder, diretor artístico do festival.

A sétima edição do Festival Internacional de Artistas de Rua é uma realização da Selma Santos Produções e Eventos, com direção geral de Selma Santos e direção artística do alemão Bernard M. Snyder, também conhecido como “homem-banda”. Quem patrocina o evento, que conta com o apoio do governo do estado, pelo FazCultura, e da Companhia Hidroelétrica de São Francisco (Chesf).
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar