Geral

Sucom e Embasa fiscalizarão lava jatos clandestinos

[Sucom e Embasa fiscalizarão lava jatos clandestinos]
14 de Abril de 2011 às 12:59 Por: Rafael Albuquerque



Aconteceu na tarde desta quarta-feira (13) um encontro entre representantes da Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo do Município (Sucom) e a da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), cujo objetivo era discutir soluções para minimizar os transtornos causados pelos lava jatos irregulares espalhados pela cidade.

Os profissionais da Gerência de Fiscalização Urbanística e Segurança da Sucom sinalizaram os diversos malefícios ocasionados pelos lava jatos clandestinos, como danos nos logradouros públicos com o uso excessivo de água, além dos transtornos causados pela poluição sonora que essa atividade pode provocar. Foram destacadas também as diversas ações fiscais desenvolvidas pela autarquia para coibir o funcionamento irregular dos lava jatos.

O gerente da Gefis, Elmo Costa, salientou a importância da realização de ações integradas da Sucom com outros órgãos, em especial com a Embasa, para coibir a atuação dos lava jatos clandestinos. De acordo com Costa, com o auxílio da empresa responsável pelo fornecimento de água, recurso principal da atividade em questão, haverá mais eficácia nas fiscalizações, pois sendo identificada a ligação indevida, a Embasa poderá adotar as medidas cabíveis. Um novo encontro acontecerá na próxima semana, na sede da Sucom, para definir mecanismos a serem adotados sobre o tema em destaque. Serão convidados também outros órgãos municipais.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar