Geral

Mais uma vítima de naufrágio

[Mais uma vítima de naufrágio]
14 de Setembro de 2010 às 09:52 Por: Redação Bocão News
Foi encontrada no início desta terça-feira (14), após 24 horas de buscas, o corpo da garota Jucicarla Ferreira Lacerda, de 11 anos, a 11ª e última vítima do naufrágio ocorrido no lago do Sobradinho, no último domingo, no qual 18 pessoas eram da mesma família. Jucicarla foi localizada sem vida pelo Corpo de Bombeiros e Capitania dos Portos de Juazeiro.
 
Os corpos de Raí Ferreira Lacerda, 6, e Cauã Ferreira Lacerda, 5, foram uns dos primeiros a serem encontrados. No final da tarde da segunda-feira (13),foram resgatados os de Tarcílio Ferreira Lacerda, 6, Jackson Ferreira Falcão, 11 e Matias, 5. Todos Os corpos já foram periciados durante a madrugada pelo Departamento de Polícia Técnica de Juazeiro e liberados para o sepultamento que acontecerá no final na manhã desta terça-feira (14), na Câmara Municipal de Pilão Arcado.
 
O acidente aconteceu neste domingo (12), no Rio São Francisco, região Norte do estado. A 12 km da cidade de Pilão Arcado, 780 km de Salvador, uma família atravessava o lago do Sobradinho para pegar um transporte quando a embarcação naufragou.
 
Segundo as informações da polícia local, três crianças foram encontradas já sem vida. Íris Vitória Ferreira Lacerda, de 1 ano e 8 meses, Ézio Carlos Teixeira Lacerda Sobrinho, de 2 anos, e Pablo Ferreira Lacerda, de 8 anos. Na manhã desta segunda-feira (13), duas vítima foram localizadas pelos agentes policiais. Trata-se de Lindines Ferreira Lacerda, de 16 anos, e Marcos Vinícius Souza Mangueira, de 6 anos.
 
Sete pessoas, entre elas os condutores da canoa, conseguiram sobreviver e passam bem. A causa do acidente ainda é desconhecida, mas as primeiras informações dão conta que o motivo está relacionado ao excesso de passageiros e aos fortes ventos que atingiam a região.
 
Conforme fontes da Capitania dos Portos a rabeta, que tem em média sete metros e é utilizada para pesca, tem capacidade para três pessoas, mas costuma transportar 18 de forma irregular. O piloto do barco, Ailton Lopes de Andrade, de 35 anos pode ser indiciado por homicídio doloso, pois sabia dos riscos de navegar com excesso de passageiros. Um inquérito será instaurado para apurar as causas do acidente.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar