Geral

Rodoviários protestam na manhã desta segunda-feira

[Rodoviários protestam na manhã desta segunda-feira]
02 de Maio de 2011 às 07:18 Por: Fidelis Tavares

Fotos: Gilberto Júnior / Bocão News

Sufoco é o que estão passando trabalhadores, estudantes e as pessoas quem dependem do transporte público na capital baiana. Desde às 4h da madrugada, desta segunda-feira (2), em 15 garagens de diversas empresas que prestam o serviço de transporte público em Salvador, os rodoviários atrazaram a saída dos ônibus, dizando fazer assembléia.

Este é o primeiro ato de protesto da categoria que ameaça paralização geral neste mês de campanha salarial, caso as reivindicações não sejam aceitas pelos empresários do transporte.

São cerca de 1,5 milhão de pessoas que dependem do trasnporte de ônibus. Segundo o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Manoel Machado, "hoje não haverá mais paralisação nenhuma, mas amanhã, com certeza haverá, em outras empresas", disse.

Os sindicalistas afirmaram que os ônibus foram liberados a partir de 8h, após assembleias que acontecem simultaneamente nas garagens das empresas.

"Nossas assembleias são para discutir a campanha salarial. Houve cinco rodadas de negociações e as empresas estão debochando dos rodoviários. O patrão só diz não, não, não para as reivindicações. Outros movimentos vão ser feitos até que o patrão coloque números na mesa", disse Euvaldo vice-presdente do Sindicato.

Nesta terça, a categoria fará uma assembleia geral na sede do Sinergia, das 9 às 12 horas e de 15 às 17 horas. 


Relato - O atraso do ônibus que faz a linha P.S. Cristóvão - Barroquinha, logo às 6h05 da manhã de hoje, era o priomeiro sinal que algo estava errado. Após a chegada do buzú, um número maior de passageiros entraram no coletivo. Assim que chegou à Avenida Mário Leal Ferreira (Bonocô), o segundo sinal: a cada ponto que passava eu observava que os pontos estavam mais cheios que o de comum.

Desci para pegar outra condução, Pituba, e constatei que de fato começava hoje o protesto dos rodoviários. O ponto em frente so Detran estavam mioto cheios e quem a proveita para faturar são as vans, que passavam lotadas visdo de diversos bairros da cidade para levar estes mesmos trabalhadores e estudantes aso seus destinos.

Consegui enfim pegar um ônibus e cheguei atrasado, para relatar aos leitores o início desta manhã que para mim não foi tão ruim, mas para muitos está sendo um verdadeiro inferno.


Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar