Geral

Greve Geral: Presidente do Sindiferro rechaça possível invasão ao metrô

[Greve Geral: Presidente do Sindiferro rechaça possível invasão ao metrô ]
14 de Junho de 2019 às 07:18 Por: Bnews Por: Marcos Maia e Tamirys Machado 0comentários

Diante da ameaça de alguns metroviários de invasão ao metrô de Salvador, um dos poucos transportes públicos que estão funcionando na capital baiana, o representante dos metroviários rechaçou a possibilidade de invasão. Manuel Cunha, presidente do Sindiferro afirmou ao Bnews, na manhã desta sexta (14), dia de Greve Geral, que o ato na Rótula do Abacaxi é pacífico e ordeiro. 

“Nosso comportamento é contrário de invadir metrô, quem fizer isso que faça em outro ponto, nosso ponto aqui é o ponto que dos metroviários escolheram com paz e amor. Esse tipo de abuso a entidade não permite, a luta é de força de coragem, mas na consciência dos trabalhadores. Vamos conversar com os colegas, se tiver conflitos aqui vamos sair daqui e ficar em parte separada”, afirmou.  

Cunha ainda levantou a suspeita que a CCR, empresa que administra o metrô em Salvador, pudesse colocar “Infiltrados” para atrapalhar o movimento. 

“A CCR pode colocar gente aqui para infiltrar, para ter esses ânimos e atropelar o movimento, nosso movimento é a campanha salarial tem que ser legitimada para  a gente buscar as perdas salariais... não vamos aceitar balbúrdia”, ressaltou. 

Os metroviários pedem reajuste de 15 % no salário. 
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas