Geral

Aeroporto de Salvador passará por nova reforma

[Aeroporto de Salvador passará por nova reforma]
10 de Janeiro de 2011 às 13:00 Por: Redação Bocão News0comentários
De olho na Copa do Mundo de 2014, a Infraero já iniciou o processo de reforma e modernização dos principais aeroportos brasileiros.  Além do aeroporto de Confins, em Minas Gerais, cuja licitação para a realização do projeto para as obras de reforma já está em curso, o aeroporto de Salvador também passará por requalificação, com aumento do seu terminal de passageiros e pátios de manobras de aeronaves, buscando adequá-lo às exigências para receber o público da Copa do Mundo, de acordo com informações da Empresa de Infraestrutura Aeroportuária (infraero), estatal federal responsável pelo setor.


 

A Infraero marcou para dia 31 o recebimento das propostas para escolha da empresa que irá elaborar o projeto do novo terminal aeroviário da Bahia. A previsão é que as obras sejam iniciadas em fevereiro de 2012 e sejam executadas num prazo de 12 meses, com prazo para conclusão em março de 2013.

Em 2009, segundo dados da Infraero, o aeroporto de Salvador recebeu mais de 7 milhões de passageiros.  

Em 1998, o terminal aeroviário de Salvador passou por uma reforma de ampliação e modernização das suas instalações e acesso, iniciada com o sistema viário de acesso à primeira rótula, com 4,5 quilômetros e dividido em três faixas, desafogando o acesso ao terminal de passageiros, a Estrada do Coco, Linha Verde e adjacências, inaugurada em 1999.

Na segunda etapa, finalizada em 2000, o complexo aeroportuário baiano foi contemplado com a ampliação da área de embarque e desembarque de passageiros, do pátio de estacionamento de aeronaves, da pista de taxiamento, e a construção do terminal de carga aérea, do finger com as 11 pontes de acesso às aeronaves e do edifício-garagem. A capacidade de passageiros foi ampliada de 1,5 milhão para até 5 milhões.


 

O aeroporto ganhou também uma praça de alimentação, com 12 lojas e 500 lugares, e o mirante. O sistema informativo de vôo, os elevadores, as escadas rolantes e a central de ar-condicionado foram modernizados. A terceira etapa das obras compreendeu a ampliação norte do terminal de passageiros, que passou a abrigar um shopping com os mais variados segmentos de compras, serviços e lazer.

No aeroporto foram investidos, na época, R$ 238 milhões (58% do governo federal e 42% do estadual), numa obra marcada por denúncias de irregularidades e desvio de recursos públicos. Os serviços foram concluídos em 2000 e a previsão era que a reforma atendesse às necessidades por um prazo de dez anos.  

Agora o equipamento passará por obras no terminal, construção de uma passarela interligando o piso superior do estacionamento de veículos do edifício garagem, direto ao terminal de embarque; à ampliação na capacidade de funcionamento, com obras nos pátios de manobras e estacionamento de aeronaves. As obras deverão ultrapassar a casa dos 45 milhões.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas