Geral

Explosão de fábrica de fogos

[Explosão de fábrica de fogos ]
25 de Setembro de 2010 às 09:32 Por: Patrícia Costa
O Tribunal de Justiça da Bahia vai ouvir os oito envolvidos na explosão da fábrica de fogos de artifício de Santo Antônio de Jesus (a 187 km da capital) fato que aconteceu em 11 de dezembro de 1998 e resultou na morte de oito 64 pessoas (62 mulheres e duas crianças) e deixou cinco gravemente feridas e ainda com sequelas. O julgamento está agendado para o dia 20 de outubro.
 
Será levado a júri popular em sessão no Fórum Ruy Barbosa, em Salvador, os responsáveis pela fábrica clandestina Adriana Froes Bastos de Cerqueira, Ana Claudia Almeida Reis Bastos, Berenice Prazeres Bastos da Silva, Elisio de Santana Brito, Helenice Froes Bastos Lirio, Mario Froes Prazeres Bastos, Osvaldo Prazeres Bastos e Raimundo da Conceição Alves. 
 
Segundo o juiz Moacyr Pitta Lima Filho, a decisão de trazer o julgamento para capital foi uma tentativa de manter a imparcialiadade do júri.
62 mulheres e duas crianças
 
A explosão aconteceu no bairro de Costa Dajuara, na periferia da cidade. Um galpão de 200 m2 -onde havia 1,5 tonelada de fogos.
 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar