Geral

Bancos: greve entra no terceiro dia

[Bancos: greve entra no terceiro dia]
01 de Outubro de 2010 às 11:16 Por: Redação Bocão News
Continua a greve dos bancários em todo o país. A falta de negociação entre patrões e empregados, levou a categoria a manter a greve, que entra no terceiro dia, hoje. A decisão foi adotada em assembléia realizada na noite de ontem (30), no Ginásio de Esportes dos Bancários, nos Aflitos.

A mobilização continua em todo o país. Na Bahia, a categoria realiza nova assembleia na segunda-feira (4) para decidir os rumos do movimento.
 
De acordo com dados da direção do Sindicato dos Bancários, 90% das agências da Caixa Econômica Federal (CEF), Banco do Brasil e BNB em Salvador estão com as atividades paralisadas. Apesar de os empregados das instituições privadas estarem mobilizados, a adesão é menor.

Na avenida Sete de Setembro e Comércio, todos os bancos seguem sem atendimento ao público. As agências das instituições bancárias de Itapuã, Baixa dos Sapateiros, Ondina, Barra, Sete Portas e Costa Azul também estão fechadas. O movimento ainda atinge outros bairros da capital.
Conforme balanço do sindicato, 300 agências estão fechadas em todo o estado.
Depois de três rodadas de negociação sem apresentar uma proposta, a Fenaban ofereceu, na última reunião, reajuste salarial de apenas 4,29%, equivalente à inflação do período. Ignorou todas as demais cláusulas da pauta de reivindicação.

Os bancários querem reajuste salarial de 11% (correspondente à inflação mais aumento real), melhoras na PLR (Participação nos Lucros e Resultados), garantia de empregos, fim das metas e do assédio moral, fim das terceirizações, mais segurança, entre outros.

De acordo com a direção do sindicato, assim como ocorre em Salvador, a greve dos bancários ganha força no interior do estado. Em Camaçari, Barreiras e Juazeiro todas as agências estão fechadas. Em Alagoinhas, a situação é a mesma e as unidades da CEF, BB e BNB continuam sem funcionar.

Bancários de outros municípios também estão de braços cruzados. Desde quarta-feira, quando a categoria deflagrou a greve, foram fechadas agências em Amargosa, Amélia Rodrigues, Candeias, Cardeal da Silva, Conde, Entre Rios, Esplanada, Feira de Santana, Ilhéus, Itapetinga, Laje, Maragojipe, Mutuípe, Rio Real, Seabra, Ruy Barbosa e Vitória da Conquista.
 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar