Infraestrutura

Intervenções na Orla Barra trarão mudanças profundas ao bairro

[Intervenções na Orla Barra trarão mudanças profundas ao bairro ]
13 de Junho de 2013 às 16:05 Por: Lucas Esteves (Twitter: @lucasesteves)0comentários

Quem está acostumado à Orla do bairro da Barra nos moldes atuais terá até o final de maio do ano que vem para se preparar para profundas mudanças no local promovidas pelas obras de requalificação da região. A prefeitura planeja mudanças tais no trecho da Barra que será preciso uma grande transformação cultural da população que frequenta a região. Mudanças estas que envolverão novas maneiras de se relacionar com o equipamento público, mobilidade urbana e a concepção da infrastrutura.
 
A grande mudança gira em torno da introdução do conceito de “piso compartilhado”. Explorado em diversos pontos da Europa e Estados Unidos, o piso compartilhado coloca no mesmo pavimento pedestres e as outras modalidades de transporte – carro, ônibus, bicicleta, etc) compartilhando da rua ao mesmo tempo. Este conceito será adotado em toda a totalidade da extensão do Porto da Barra até o shopping Barra Center. Além disto, estão incluídas as avenidas Marques de Leão e Afonso Celso.
 
No piso compartilhado, o concreto com desenhos substitui asfalto e calçadas, usando 100 do espaço de um lado a outro das ruas atuais na Barra. A área será toda repovoada com noções paisagísticas, quiosques para atendimento, acesso à praia, cafés com estrutura de convivência, banheiros e toda sorte de equipamentos modernos de praças públicas. Nas áreas entre o Porto e a entrada da Associação Atlética, será totalmente proibida a circulação de veículos. No restante do piso, veículos serão permitidos, mas com drástica redução de velocidade. “Coisa de 20 km/h”, previu o prefeito.
 
Para viabilizar todo o conceito ambiental, as obras incluirão a inclusão de toda a rede de fiação, esgoto, transmissão de dados e similares por baixo da terra. Assim, ficará mais simples implantar o restante dos equipamentos. De acordo com ACM neto, o novo desenho do bairro com o piso compartilhado não trará nenhum prejuízo ao Carnaval e o Circuito Barra-Ondina está mantido. “Os quiosques, banheiros, tudo isso, serão montados de natureza móvel para que possam conviver harmonicamente com o trio elétrico”, prometeu. O piso, garante, também será resistente à aglomeração da folia.
 
Para viabilizar toda a revolução da ocupação espacial da Barra, a prefeitura fez um grande estudo viário e garante ter conseguido soluções satisfatórias para o tráfego de veículos. Uma vez que as drásticas restrições de tráfego foram estabelecidas, haverá em um futuro próximo anúncio de todas as mudanças de trajeto interno e inclusive de linhas de ônibus que serão extintas. “Fizemos um estudo e concluímos que a maioria das linhas de ônibus que passa pela Barra não tem a Barra como destino. Então, agora, quem quiser ir para a Barra de ônibus ou de carro, vai porque quer ter a Barra como destino final”, explicou.

Nota originalmente postada às 18h do dia 11

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas