Infraestrutura

Prefeitura garante asfaltar 31 ruas até abril do ano que vem

[Prefeitura garante asfaltar 31 ruas até abril do ano que vem]
09 de Novembro de 2013 às 09:45 Por: Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)
Trinta e uma ruas e avenidas de Salvador serão asfaltadas até o final de abril. A promessa é a do prefeito ACM Neto, que assinou ontem uma ordem de serviço para o início das obras de oito vias: as avenidas Paulo VI, na Pituba; Octávio Mangabeira, na orla; a Luiz Viana Filho, na Paralela; além da estrada do Matadouro, em Águas Claras; e as ruas Régis Pacheco e Direta, no Uruguai; a rua São Marcos, em Pau da Lima; e o vale do Canela. 
 
Gradativamente serão recapeados 73 quilômetros. A requalificação das vias faz parte da primeira fase de reparos, que contemplou as bases de tráfego da cidade. Após a conclusão dos reparos, mais 31 ruas devem ter o asfalto renovado.
 
De acordo com o titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Defesa Civil (Sindec), Paulo Fontana, no total, serão investidos R$ 192 milhões em todo o processo de recuperação. "As obras serão feitas em três etapas. Nessa primeira fase, foram contempladas as ruas principais. A intenção é que todo o asfalto da cidade, que estava desgastado, seja trocado", disse em entrevista para o Jornal A Tarde.
 
Ainda segundo o secretário, para evitar congestionamentos e possíveis transtornos à população, todos os reparos serão realizados durante a noite, por volta das 20h, após o horário de pico do tráfego. "Nossa intenção é melhorar o tráfego da cidade sem que haja nenhum tipo de problemas", afirmou.
 
Prazo não é garantido
 
Embora estejam previstas para ser concluídas em abril, há a possibilidade de que o prazo se estenda. "O contrato para a realização das obras vigora até o final de abril, mas pode haver alteração no prazo em função de chuvas. O andamento do processo depende, ainda, do fornecimento da matéria-prima, que é o cimento asfáltico de petróleo, fornecido pela Petrobras", completou.
 
As obras serão coordenadas pela Superintendência de Conservação e Obras Públicas (Sucop), vinculada à Sindec, e executadas por empresas contratadas pela prefeitura. "Cada empresa vai ser responsável por duas ruas para agilizar os serviços", disse.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar