Justiça

Estou surpreso, diz pai do cantor Dudu após filho ser condenado a prisão

[Estou surpreso, diz pai do cantor Dudu após filho ser condenado a prisão]
07 de Maio de 2015 às 08:44 Por: Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)
 
Em conversa com o Bocão News nesta quinta-feira (7), o pai do então vocalista da banda New Hit, Eduardo Martins Daltro de Castro Sobrinho, o Dudu, disse que ficou surpreendido com a decisão da Justiça que condenou o filho dele e mais dez integrantes a 11 anos e oito meses de reclusão por estupro. “Não sei como foi condenado. Estou surpreso. Quero saber como foi a sentença. Nós ainda ainda não fomos notificados. Soubemos por vocês”, afirmou Raul Daltro.
 
De acordo com informações do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), os réus podem recorrer da decisão e ficarão em liberdade até que todos os recursos possíveis sejam julgados. Os outros condenados foram Alan Aragão Trigueiros, Edson Bonfim Berhends Santos, Guilherme Augusto Campos Silva, Jefferson Pinto dos Santos, Jhon Ghendow de Souza Silva, Michel Melo de Almeida, Weslen Danilo Borges Lopes e William Ricardo de Farias. Todos eles foram denunciados à Justiça pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA), que os acusou de prática de estupro qualificado.
 
Segundo denúncia do MP, o crime aconteceu na madrugada do dia 26 de agosto de 2012, no centro da cidade de Ruy Barbosa, a cerca de 300 quilômetros de Salvador, quando os integrantes do grupo de pagode teriam abusado sexualmente de duas adolescentes que tinham 16 anos na época. O estupro teria ocorrido depois que os músicos receberam as adolescentes no ônibus da banda. O cantor e outros oito integrantes da ex-banda New Hit chegaram a ser presos, mas depois foram soltos para responderem a acusação em liberdade.
 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar