Mundo

Resgatada segunda caixa preta do voo Rio-Paris

[Resgatada segunda caixa preta do voo Rio-Paris]
03 de Maio de 2011 às 06:42 Por: Redação Bocão News e Agências
A segunda caixa preta do Airbus A330 da Air France que caiu no mar no dia 1º de junho de 2009, quando voava do Rio a Paris, foi resgatada nesta segunda-feira e se encontra em bom estado, informou o Bureau de Pesquisas e Análises (BEA).
 
"Os registros fônicos - Cockpit Voice Recorder (CVR) - foram localizados e identificados pela equipe de busca às 21H50 GMT (18H50 Brasília) de segunda-feira, 2 de maio. Foram levados pelo robô Remora 6000 à bordo do navio Ile de Sein às 02H40 GMT (23H40) de terça-feira, 3 de maio", revelou o BEA.
 
A caixa preta com as conversas na cabine de comando "está inteira". "O chassi, o módulo e o cilindro estão lá. Globalmente, o aspecto externo está correto, em bom estado", declarou Jean-Paul Troadec, diretor do BEA. A queda do avião da Air France matou as 228 pessoas a bordo.
 
O BEA havia anunciado no domingo o resgate do módulo de memória da primeira caixa preta - Flight Data Recorder (FDR) -, com os parâmetros de voo. Segundo Troadec, a segunda caixa foi encontrada a cerca de dez metros da primeira.
 
As duas caixas estão agora em um container com água para impedir sua deterioração e ficarão submersas até chegar à sede do BEA em Bourget, na região de Paris. "Se pudermos ler seus registros, será possível compreender o que ocorreu", disse Troadec, advertindo que tudo dependerá da corrosão.
 
No domingo, Troadec anunciou a localização "do módulo de memória do gravador de parâmetros, às 10h00 GMT (7h de Brasília). Ele foi recuperado (...) às 16h40 GMT (13h40 de Brasília)". "A caixa-preta parece estar em bom estado físico. Nossos especialistas nos dizem que podemos conseguir ler esses dados", revelou Troadec na véspera.
 
Até o momento, os motivos da tragédia não foram explicados. Os investigadores determinaram que a falha das sondas de velocidade da aeronave, chamadas Pitot, da fabricante Thales, foi uma das causas, mas consideraram que essa avaria não basta para explicar o acidente.
 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar