Mundo

Para se vingar de ex-companheira, pai mata filha

[Para se vingar de ex-companheira, pai mata filha]
04 de Maio de 2011 às 14:03 Por: Redação Bocão News e Agências

Ramazan Acar, 24, admitiu nesta quarta-feira (3), em um tribunal da Austrália, a culpa pelo assassinato da própria filha, Yazmina, de dois anos, morta a golpes de faca. Ele havia anunciado pela rede social "Facebook" que pretendia cometer o crime, como vingança contra a mãe da menina. O fato aconteceu na cidade de Melbourne segundo informações da agência local "AAP".

Acar teria matado a filha em novembro do ano passado, em suposta represália à sua ex-companheira Rachelle D'Argent por ela não permitir visitas dele à menina. Após cometer o crime, ele enviou uma mensagem para o celular da mãe de Yazmina  confessando o crime.

Antes de matar a criança, o pai foi da ex-companheira pedindo que ela o deixasse levar a filha para comprar chocolates em uma loja próxima. Mesmo contrariada e sabendo que o passeio violava as restrições da custódia, Rochelle permitiu.

Tempo depois, ela tentou falar com Arcar que, ao atender, disse que iria matar a menina porque ela não havia permitido ele ver a criança durante três meses.




A mãe foi até a casa do pai da menina e o encontrou sentado dentro de seu carro com uma faca nas mãos. Horas depois, a polícia local encontrou o corpo de Yazmina em uma área da floresta nordeste de Melbourne, com várias facadas no peito e no estômago.

De acordo com a promotoria, Acar abusava fisicamente da sua ex-parceira, e estava prestes a iniciar tratamento por abuso de drogas e álcool.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar