Mundo

Rafael Correa acusa oposição

[Rafael Correa  acusa oposição]
16 de Outubro de 2010 às 14:47 Por: Redação Bocão News
O presidente do Equador, Rafael Correa, afirmou novamente, na última sexta-feira (15), que a rebelião de policiais no dia 30 de setembro foi, de fato, uma tentativa de golpe de estado. Em discurso proferido em Quito, capital do país, o presidente equatoriano disse que foi um verdadeiro milagre ter saído ileso do movimento.

De acordo com informações de agências de notícias internacionais, Correa acusou os envolvidos de tentativa de assassinato, reiterou que responsabiliza o ex-ministro do Interior, Gustavo Jalkh e a presidente da Assembleia Nacional, Irina Cavezas. Para a multidão que acompanhava o discurso a culpa pela rebelião foi do ex-presidente do país, Lúcio Gutiérrez.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar