Mundo

Lavagem de dinheiro no Vaticano

[Lavagem de dinheiro no Vaticano]
22 de Setembro de 2010 às 07:27 Por: Redação Bocão News

Conforme comunicado divulgado pela Secretaria de Estado da Santa Sé, a Justiça italiana está investigando o presidente do Instituto para Obras Religiosas (IOR) - o banco do Vaticano -, Ettore Gotti Tedeschi (foto), e o diretor-geral Paolo Cipriani por lavagem de dinheiro.
 
A instituição bancária teve 23 milhões de euros bloqueados. A Santa Sé afirmou que está “perplexa” diante da abertura da investigação e que tem confiança total em Tedeschi.
 
Essa não é a primeira vez que o banco foi pivô de um esquema de lavagem de dinheiro. A organização, de caráter privado criada em 1942 pelo Papa Pio XII, já foi alvo de um escândalo financeiro em 1982, quando se envolveu na quebra do Banco Ambrosiano - o então maior banco privado da Itália.

A comissão formada por cinco cardeais nomeados pelo Papa que compõe a direção do banco é uma das principais investigados. Com informações da BBC)
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar