Personalidade

“A vida de Popó tinha tudo para dar errado e deu certo”, diz autor da biografia

[“A vida de Popó tinha tudo para dar errado e deu certo”, diz autor da biografia ]
09 de Novembro de 2013 às 08:53 Por: Tony Silva (twitter:@Tony_SilvaBNews)

“Com as Próprias Mãos” é o título da biografia do pugilista e deputado federal Acelino Popó Freitas (PRB), de autoria do jornalista e historiador Wagner Sarmento, lançada na noite desta sexta-feira (8), na livraria Saraiva do Salvador Shopping. A história é de um campeão, que não se resume ao pugilista, mas ao homem de origem pobre que venceu as mais variadas dificuldades da vida com um pai alcoólatra, cinco irmãos e uma mãe que se diz orgulhosa de ter dado uma boa educação aos filhos.

A trajetória de Popó, tanto do homem quanto de pugilista e agora o político, se encontra muitas vezes em um viés resumido por duas palavras: “lutas e vitórias”. Em entrevista ao Bocão News, Popó falou do legado que sua história traz através da biografia para os jovens e todos que precisam de incentivo para continuar lutando, independente das dificuldades apresentadas pela vida. “Muita gente que precisa de um estímulo, de exemplos de pessoas que passaram por dificuldades como as que eu passei para mostrar que é possível vencer as adversidades da vida. Esse livro conta a história tanto da autoestima como também de situação de fome, da fome e outros problemas sociais”, afirma.

Popó ainda destacou a importância de incentivar os jovens na prática do esporte e criticou o fim de algumas modalidades esportivas na antiga Fonte Nova que foram extintas com a vinda da Arena Fonte Nova. “Eu luto muito na Câmara Federal pelo legado que a Copa 2014 deve deixar. O esporte deve ser um divisor de águas e objeto de inclusão social. Infelizmente com a vinda da ‘Arena Fonte Nova’, foram desativadas muitas modalidades de esportes. Foi extinta uma academia de box, que já existia há 40 anos, judô, ginástica olímpica, piscina olímpica, e infelizmente isso acabou e as pessoas que praticavam os esportes, saíram da rua através desses esportes e outras que viviam das aulas que davam nesses locais ficaram desamparadas”, comenta.

Popó também comentou sobre sua intenção para o esporte na Bahia. “Minha ideia é ajudar implementando centros esportivos aqui na nossa cidade para ajudar a quem mais precisa”, explica.  

O autor do livro, Wagner Sarmento, comentou seu envolvimento com a história de Popó. “Sempre admirei o atleta, mas depois que conheci um pouco do ser humano, do homem Popó, percebi a simpliscidade a nobreza dele. A partir dai tivemos conversas sobre o interesse de fazer a biografia e existe também o interesse de produzir um filme”, explica Sarmento.

Wagner Sarmento ainda disse que para escrever o livro mergulhou na história do ex-pugilista desde o nascimento, paralelamente a família do ‘mão de pedra’. “A história de Popó é a história da família Freitas, é surpreendente, é uma biografia muito brasileira e muito única – É uma história que tinha tudo para dar errado e deu certo, e deu certo através do esporte”, comenta.

Dona Zuleica, mãe Popó acompanhou o filho no lançamento da biografia e deixou uma recomendação para todas as mães. “Aquelas mães, principalmente as que passam por dificuldades para criar seus filhos, criem seus filhos com carinho, amor, pois se não der carinho e amor eles vão para as ruas aprender o que não presta. Hoje estou muito alegre, sou muito feliz, eu posso morrer agora em paz, porque, com os filhos que tenho e essa felicidade que eles me dão, sou uma mãe realizada”, afirma.

Fotos: Roberto Viana // Bocão News


Postada Às 20h52 dodia 08 de novembro
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar