Polícia

Suspeitos de espancar bebê até a morte prestam depoimentos

[Suspeitos de espancar bebê até a morte prestam depoimentos]
14 de Abril de 2011 às 14:40 Por: Redação Bocão News

A mãe e o padastro da criança Ythara Lorrane da Silva, de dois anos, morta com sinais de espancamento na manhã de quarta-feira (13) no hospital Municipal de Correntina, serão ouvidos pela polícia na tarde desta quinta-feira (14) na delegacia de Santa Maria da Vitória, na região oeste da Bahia.

De acordo com informações do delegado da cidade, Leonardo Souza Soares, Elisabete Cristina da Silva e Maicon de Jesus moram no povoado de Mucambo e já tinham levado o bebê para uma unidade hospitalar no último sábado (9), onde foi internada com hematomas na cabeça. Segundo Souza, em depoimento, a irmã da vítima, 6, teria dito que Ythara se machucou com "uma pedra grande".

O Conselho Tutelar de Santa Maria da Vitória já entrou em contato com o pai da vítima, que mora em Aparecida de Goiânia. Segundo um representante do Conselho, a menina não tem certidão de nascimento, apenas um cartão de vacina.

O corpo de Ythara está no Departamento de Polícia Técnica (DPT) da cidade e a polícia só poderá confirmar a suspeita de espancamento após o resultado.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar