Polícia

Presos conseguem fugir para a Páscoa

[Presos conseguem fugir  para a Páscoa]
24 de Abril de 2011 às 12:40 Por: Redação Bocão News / G1


Os detentos da Bahia resolveram sair para comemorar a Páscoa. E o mais surpreendente é que conseguiram! Já são 31 presos foragidos em cadeias de três cidades baianas desde a última sexta-feira (22). O último registro ocorreu por volta das 14h30 do sábado (23), quando sete presos fugiram da cadeia pública de Itacaré, a 266 km de Salvador.

Dos 21 presos que fugiram da cadeia de Eunápolis (BA), a 662 km de Salvador, na madrugada de sábado, um foi recapturado e outros dois morreram em confronto com a Polícia Militar. Segundo a PM, um dos mortos é um réu confesso de 19 homicídios.

Kleidson Costa dos Santos, conhecido por JK, era um "homicida conhecidíssimo, o mais perigoso deles", afirmou o soldado da PM Ronaldo, que recebeu, por telefone, a denúncia sobre as fugas na cadeia da cidade. Um dos assassinatos foi cometido dentro de uma das celas do complexo policial. Em novembro do ano passado, ele espancou até a morte o preso Luciano Porto Reis (30).

Carlos Queiroz Silva também foi morto no confronto com a Polícia Militar na noite de sábado. Os dois fugitivos foram localizados no bairro Jucá Rosa e teriam resistido à prisão.


Já Antônio Jorge Lordeiro Pereira (foto acima) foi encontrado pelos policiais na BR-367, rodovia que faz a ligação entre Eunápolis e Porto Seguro. Ele estava escondido em um matagal próximo à pista. Policiais fazem buscas aos outros 18 fugitivos.

De acordo com o G1,  um agente policial informou que os presos cortaram uma viga na área de banho de sol e utilizaram uma “tereza” – corda feita de pano – para pular o muro, de pelo menos 4 metros de altura.

Segundo o agente, não havia nenhum policial da delegacia no momento da fuga, porque o plantonista  tinha saído para almoçar. A cadeia de Itacaré tem capacidade para 18 presos e estava com 23. Segundo o agente, seis dos fugitivos respondem por assaltos e um tem envolvimento com tráfico de drogas. Até o momento, nenhum foi recapturado.

Eunápolis - Vinte e um presos fugiram da cadeira de Eunápolis, a 671 km de Salvador, sul da Bahia, por volta das 4h do sábado (23). A polícia informou que os detentos serraram as grades das celas e a tela de aço que protege o pátio. Depois, pularam do prédio usando uma tereza - corda feita de lençóis -, de pelo menos cinco metros de altura. Dois policiais civis estavam de plantão no momento.

A polícia informou que a delegacia de Eunápolis tem capacidade para 28 pessoas, mas está superlotada, com 105 detentos. Segundo a Polícia Militar, um homem passou pelos fundos da delegacia, viu a corda pendurada e avisou aos policiais. Até o começo da noite do sábado, nenhum havia sido recapturado.

Almadina - Já no município de Almadina, a 460 km de Salvador, três presos conseguiram escapar na madrugada de sexta-feira (22). Durante a fuga, havia apenas um carcereiro na delegacia. A Polícia Militar da cidade informou que os três serraram as grades das celas e saíram pela janela com a utilização da “tereza”, que é corda feita com lençóis.

As informações são do portal G1.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar