Polícia

“Operação Strike”: dois homens são presos e menor morre em troca de tiros

[“Operação Strike”: dois homens são presos e menor morre em troca de tiros ]
22 de Outubro de 2013 às 16:53 Por: Redação Bocão News (twitter: @bocaonews)

Policiais militares e civis realizaram na manhã desta terça-feira (22) uma operação conjunta denominada como “Operação Strike”, coordenada pelo delegado Jansen Júnior, com o auxilio dos agentes da Policia Civil de Eunápolis, e o Capitão da Polícia Militar Marcos  Laurentino, que é comandante do 5º Pelotão da 7ª CIPM. Conforme publicação do site Itapebi Acontece.

A ação ocorreu na cidade de Itapebi extremo sul da Bahia, em cumprimento a mandados de busca e apreensão. Uma pessoa morreu e duas acabaram presas, também foram apreendidas armas e drogas.

O delegado Jansen Júnior, informou ao Itapebi Acontece, que o alvo da 'Operação Strike' foi uma quadrilha investigada por tráfico de drogas e assassinatos no município relacionado ao comércio das substâncias entorpecentes. Em uma das incursões, o adolescente A. J. M. 16 anos, suspeito de cinco assassinatos e diversas tentativas, foi morto e seu primo Fábio, também procurado pela polícia, acabou fugindo.

Segundo o delegado, havia um mandado de internação provisória contra o adolescente e, no cerco a casa, ele e o primo ao perceberem a presença dos policiais iniciaram uma troca de tiros atingindo inclusive a guarnição da Policia Militar e o menor A. J. M. vulgo “Galego” acabou sendo ferido e socorrido já chegando ao hospital sem vida.  
 

Com o menor infrator - que já tinha passagem por roubo e tráfico foi encontrado um revólver calibre 38, com seis cartuchos, sendo que dois estavam deflagrados, além de uma porção de crack e a quantia de R$ 220,00.

Ainda na 'Operação Strike', a força policial prendeu Elenilson Figueiredo dos Santos, 22 anos, que portava um revólver 32 e uma espingarda de fabricação artesanal, ambas municiadas e R$ 300 em espécie.

Também foi preso Reive Barbosa dos Santos, 22, conhecido como Mateus. Na casa de Reive, foram apreendidas 19 buchas de maconha e 17 pedras de crack, além de um revólver calibre 32 municiado.

Os policiais também se deslocaram até a cidade de Itagimirim, onde um dos membros da organização criminosa estaria escondido, mas ninguém foi preso. Conforme informações do titular Jansen Júnior a quadrilha vinha sendo monitorada há seis meses.

Foto: Divulgação / Site Itapebiacontece

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar