Polícia

Presa, mulher mostra o dedo e argumenta: Meu tio conhece Mário Kertész

[Presa, mulher mostra o dedo e argumenta: Meu tio conhece Mário Kertész ]
14 de Março de 2014 às 07:21 Por: Reprodução Por: Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)
Chateada com a abordagem de policiais da Operação Gêmeos na noite desta quarta-feira (12), uma jovem ameaçou, xingou e tentou desacatar as ordens da guarnição. Para intimidar os policiais, usou um argumento sem noção: "Isso não vai ficar assim. É palhaçada. Meu tio é juiz e conhece Mário Kertész", afirmou. 

A motorista dirigia um carro Peugeot branco e conversava ao telefone quando foi abordada por policiais que atuavam em Itapuã. De acordo com a 12ª Delegacia Territorial, ela foi grosseira com os agentes e tentou intimidá-los: "O que que vocês querem? Vão pra porra. Sou parente de juiz", teria dito a mulher. 

Visivelmente nervosa, a motorista mostrou o dedo médio aos que a observavam, inclusive os próprios policiais. Enquanto era encaminhada pela polícia para a delegacia, ela garantiu ainda que irá tomar medidas junto aos parentes. 

Contatada na manhã desta quinta-feira (13), a 12ª Delegacia não soube informar se a mulher foi liberada na mesma noite, após ser apresentada às autoridades.

As informações são do Metro1. 



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar