Política

Pinheiro chama DEM de ‘Demolidos’

[Pinheiro chama DEM de ‘Demolidos’]
11 de Abril de 2011 às 09:16 Por: Maiana Brito
A eleição municipal de 2012, tendo como gancho a entrevista concedida ao jornal Tribuna da Bahia no início do mês que causou  polêmica dentro do Partido dos Trabalhadores (PT) foi o foco da entrevista do senador Walter Pinheiro (PT) à radio Metrópole na manhã desta segunda-feira (11). Segundo Pinheiro, suas colocações foram mal entendidas. "Se não, o Pelegrino não estaria em pânico precipitado. Eu disse que gostaria que o candidato fosse escolhido por consenso. Escolher de última hora dificulta o fechamento das frentes e da base aliada. Isso me atrapalhou em 2008, não quero que o Nelson passe por isso. Eu disse a ele para ajustarmos o time primeiro. Se a gente não arrumar a casa, não tem como falar com os de fora. Se cada partido quiser lançar um candidato a prefeito, vai dificultar", explicou o senador.

Para ele, é preciso trabalhar para que o candidato ao Palácio Thomé de Souza tenha uma frente do tamanho da que apoiou Wagner para que tenham condições de eleger o deles. Para isso, em sua opinião, tem que ter conversar com Lídice, do PSB, Daniel Almeida, do PCdoB, o pessoal do PP, e os outros. “Acho que a eleição vai ser dificílima. Temos uma cobrança muito grande pelo o que aconteceu neste último ano”.

Em relação à oposição do DEM, o senador falou que não assusta e ainda fez piada. "Agora o DEM não é mais Democratas, é 'Demolidos'".

Pinheiro confirmou que não pretende mesmo ser candidato a prefeito em 2012. No entanto, deixou em aberto a sua pré-candidatura ao Palácio de Ondina. “Isso já são outros 500”, respondeu dando risada, mas não negou que é um da lista. “Vamos ver se em 2014 vai chegar a a minha vez ou não. Se não, ainda tenho o mandato no senado até 2018. Acho que em 2012 não cabe eu me candidatar, se posso fazer pelo estado todo”.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar