Política

PMDB propõe alternativa para substituir a CPMF

[PMDB propõe alternativa para substituir a CPMF]
14 de Abril de 2011 às 11:01 Por: Rafael Albuquerque


Após a volta do reboliço por conta da recriação da CMPF, o PMDB preferiu se posicionar de forma clara com relação ao conhecido imposto do cheque, cujos recursos eram direcionados à saúde. O partido do vice-presidente Michel Temer descartou de vez a volta da CPMF, que “está morta e enterrada”, segundo o líder do partido na Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (RN).

A nova idéia é promover no plenário da Casa um debate sobre a proposta de fixar, para a Saúde, um percentual mínimo da receita bruta ou da receita corrente líquida da União. “Nós esperamos garantir pelo menos R$ 100 bilhões anuais para Saúde”, disse Alves ao blog de Claudio Humberto.

Deputado há 40 anos, Henrique Alves diz que Saúde Pública foi tema de todas as campanhas. “Chega, passou da hora de resolver isto”. O líder do PMDB concluiu que a CPMF não passaria no Congresso e, além disso, a presidente Dilma quer uma solução criativa, definitiva.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar