Política

Edvaldo Brito dispara contra João Henrique

[Edvaldo Brito dispara contra João Henrique]
16 de Abril de 2011 às 10:22 Por: Redação Bocão News
O vice-prefeito de Salvador Edvaldo Brito (PTB), na tarde de sexta-feira (15), disparou contra o prefeito de Salvador, João Henrique Carneiro (agora no PP). De acordo com a notícia publicada no site Viver Paralela, o especialista em direito tributário não poupou criticas ao atual gestor municipal, na verdade, o professor Edvaldo “derrubou” a administração de Salvador.

Confira algumas das declarações do vice-prefeito destacadas pela jornalista Cristiana Serra.

 “Não vou dizer que estou decepcionado, porque a gente nunca deve se decepcionar com as coisas. E porque Deus ainda me deu tempo de corrigir os equívocos de uma administração de que eu participo sem ter um gestor”, declarou ele.

 “Se o prefeito não procede bem com suas prestações de contas, o Tribunal de Contas, como órgão de controle, tem de reprimi-lo. Se João Henrique procedeu mal, foi porque nós procedemos pior e não cumprimos o que está na Constituição. Quanto mais o Tribunal de Contas!”, exclamou em tom exaltado.

 “Só jogando no chão, pois foi assim que a liminar fez. Não tem juiz no mundo que possa rejeitar o parecer”, disse Edvaldo Brito, referindo-se à liminar da Justiça, em favor do prefeito João Henrique Carneiro, que suspendeu, no dia 05 de abril de 2011, os efeitos da decisão do Tribunal de Contas do Município, o qual havia reprovado as contas relativas ao exercício de 2009, em função, entre outros motivos, do aumento significativo da contratação de terceirizados.

 “Os terceirizados são a febre desse município de Salvador. Não me conformo senão com a porta aberta do concurso público. Foi apresentado o meu currículo aqui. Eu nunca entrei pela porta dos fundos”, afirmou Edvaldo Brito, ressaltando, com orgulho, o fato de ser professor concursado.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar