Política

"Perdi a eleição para Lula"

["Perdi a eleição para Lula"]
04 de Outubro de 2010 às 23:18 Por: Ivana Braga


                        Foto: Biel Fagundes/Bocão News


O deputado federal Geddel Vieira Lima (PMDB), candidato derrotado ao governo da Bahia, está embarcando nesta segunda-feira (4), para Brasília onde terá uma conversa com presidente nacional do seu partido, Michel Temer, companheiro de chapa da petista Dilma Rousseff.

Geddel atestou desconhecer o teor da conversa. “Fui convocado por Temer para uma conversa. Não sei qual o assunto”, afirmou o deputado. 
Mesmo não confirmando, o mais provável é que a conversa gire em torno do apoio à campanha de Dilma neste segundo turno.

Não é segredo que a petista, apesar de ter recebido o apoio incondicional do ex-ministro do governo Lula no primeiro turno, esnobou Geddel se recusando a subir no palanque do peemedebista, sob alegação de que sua campanha não havia decolado e ela estaria do lado do governador Jaques Wagner, líder das pesquisas.

Apesar de ter sido derrotado na disputa, Geddel é detentor de cerca de 15% dos votos dos baianos, o que significa que cerca de 1 milhão de eleitores baianos apostaram nele nas urnas. É evidente que o apoio do ex-ministro de Lula não é de se desprezar num cenário em que cada voto fará a diferença.

Ao ser questionado sobre a possibilidade de pedir voto para Dilma neste segundo turno da campanha presidencial, Geddel não diz sim, nem não. Apenas ressalta que não faz política cultivando rancores e que faz parte do jogo político ganhar e perder. Mas não consegue esconder certa mágoa com a postura de Dilma e do presidente Lula que acordaram o palanque duplo, mas não participaram da sua campanha após receber o apoio do PMDB. “Não perdi a eleição para Wagner, mas sim para Lula”.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar