Política

Bancada governista aprova requerimento

[Bancada governista aprova requerimento]
19 de Abril de 2011 às 16:36 Por: Luiz Fernando Lima
A despeito das sucessivas negativas do líder da bancada governista na Assembleia Legislativa, Zé Neto, sobre a “rebelião” da última semana, quando os deputados do próprio bloco não apareceram e, por isso, não houve quórum para aprovar o requerimento de urgência urgentíssima para o projeto de reforma administrativa do governo do estado, o grupo dos insatisfeitos continua agindo nos bastidores da Casa.

Em contato com a reportagem do Bocão News, um parlamentar que não quis ter o nome revelado, afirmou que o requerimento será aprovado com o apoio dos aliados, no entanto, a indignação com o tratamento dispensado pelo governador e seus secretários aos novos membros da base permanece inalterada.

Questionado sobre esta insatisfação, Zé Neto afirmou que é preciso revelar os nomes dos que não estão satisfeitos. “Para mim não chegou nada. Tem gente se dizendo insatisfeita com o governo e não chega para falar com líder da bancada, assim não dá para chegar a um entendimento”.

O deputado contestou também a informação de que haveria uma reunião agendada para a manhã desta terça-feira (19).

Votoção

Como esperado os líderes das bancadas de oposição e dos independentes recomendaram que os deputados que integram os grupos votassem contra a aprovação do requerimento de urgência.  

A base governista votou unida e aprovou o projeto com 35 votos. 12 outros parlamentares votaram contra o regime de urgência e três se abstiveram.



Matérias relacionadas

Bancada governista sofre primeira derrota na Assembleia

Democracia petista' desagrada aliados

Reforma do secretariado está em pauta

Bancada governista vai lavar roupa suja nesta terça (19)


Foto: Roberto Viana // Bocão News
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar