Política

Furão acusa diretor de Feira de cobrar propina. Briga pode parar na Justiça

[Furão acusa diretor de Feira de cobrar propina. Briga pode parar na Justiça]
27 de Abril de 2015 às 15:11 Por: Reprodução Por: Cíntia Kelly (@cintiakelly_) 0comentários

Deve terminar nos tribunais a briga entre o prefeito de São Gonçalo dos Campos, Antônio Dessa (PMDB), o Furão, e o diretor de Eventos da Secretaria de Cultura de Feira de Santana, Naran Vasconcelos.
 

Furão acusa Naran de cobrar propina ara que um trio de sua propriedade entrasse no circuito da micareta de Feira, ocorrida na semana passada. Segundo Furão, o trio foi ofertado à prefeitura gratuitamente. “Não cobrei nada à prefeitura, mas o trio foi patrocinado. Então, não fiquei no prejuízo”, assinalou em conversa com o Bocão News.
 

O fuzuê começou quando Furão soube que o trio não iria mais ser utilizado na quinta-feira com o cantor Wesley Safadão. “Naron disse que  cantor tinha desistido, que não queria mais fazer a apresentação no nosso trio. Até ai, tudo bem”, narra Furão.
 

O problema foi a suposta negativa seguida de um cantor para fazer a apresentação no trio do prefeito de São Gonçalo dos Campos. “Na sexta-feira, meu filho ligou para Naron para saber se está tudo certo para a apresentação de Tuca Fernandes, mas ouviu dele que o cantor também não queria se apresentar no nosso trio. Com sou do meio e conheço a produção de Tuca, liguei para saber o motivo”, conta Furão.

 

Qual não foi a sua surpresa a ouvir do produtor de Tuca Fernandes que não havia problema algum com o trio. “Ele só não queria que Tuca saísse a meia noite, mas no horário que havia sido acordado anteriormente. Nada a ver com o trio”.
Para tentar entender o que estava acontecendo, Furão ligou para Naron.  Veja abaixo o diálogo descrito por Furão ao Bocão News:

 

FurãoNaron, liguei para a produção de Tuca e ela disse que é mentira, que ninguém disse que a desistência tinha a ver com o meu trio.
Naron – Você sabe como funcionam as coisas...
Furão – Não sei. Seja claro comigo

(nesse momento Furão disse que botou o celular no viva voz para que as duas pessoas que estão em sua sala pudessem acompanhar o que Naron ia dizer
Naron – temos uma caixinha aqui na diretoria para dar celeridade as coisas. Dê R$ 1.500 para a nossa caixinha que seu trio estará na avenida.
Furão – estou acostumado a lidar com homens de bem como seu filho Cristiano. Achava que ele havia puxado isso de você, mas me enganei porque você é descarado e propineiro.
Naron – Me respeite, você esta faltando com respeito.
Furão – Vou fazer escândalo, na hora em que estiver passando um trio vou pegar o microfone e te denunciar.

A interlocutores, Naron Vasconcelos disse que vai acionar o prefeito de São Gonçalo dos Campos na Justiça. Furão diz que está pronto para provar tudo o que foi conversado entre eles. “Tenho as pessoas que ouviram a conversa”, disse, ressaltando que tem outra carta na manga, caso seja mesmo acionado juridicamente.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas