Política

ACM Neto e Aleluia evitam falar sobre declarações de Targino Machado

[ACM Neto e Aleluia evitam falar sobre declarações de Targino Machado]
12 de Maio de 2015 às 10:48 Por: Bocão News Por: Aparecido Silva e Cíntia Kelly

Após o deputado estadual pelo DEM, Targino Machado, insinuar que a votação da bancada baiana de deputados federais do Democratas em Brasília votou a favor do ajuste fiscal proposto pelo governo federal “não foi de graça”, os líderes do partido na Bahia evitaram falar sobre o posicionamento do colega.

Sob articulação do prefeito ACM Neto na capital federal, os quatro parlamentares baianos do partido votaram favoravelmente ao projeto que altera as regras de acesso ao seguro-desemprego e abono salarial, com isso, Machado acredita que teve algo em troca para que os oposicionistas apoiassem a medida oriunda da presidente Dilma Rousseff (PT).

No plenário da Assembleia Legislativa da Bahia, Targino Machado disparou contra os colegas federais e apontou para o deputado José Carlos Aleluia, que sempre foi um opositor ferrenho. “Ele contraria tudo e vem justificar essa lambança. Eu estou arrasado e a oposição da Assembleia também. Fomos feitos de palhaços”, disse Machado.

Em conversa com o Bocão News, Aleluia evitou entrar na discussão e apenas disse que respeita a opinião do correligionário. “O nosso partido tem democracia interna e o deputado pode externar sua opinião. Ele tem todo o direito de falar o que pensa”,  defendeu o parlamentar, que preside a legenda na Bahia e não descartou a possibilidade de discutir o assunto internamente.

Procurado pela reportagem, o prefeito ACM Neto, responsável por convencer os deputados baianos do partido em Brasília a votar com o governo federal petista, preferiu não comentar o assunto. “Não vou entrar no debate político com a oposição, muito menos com aliado”, desconversou.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar