Política

Em depoimento à PF, dono da Odebrecht confirma repasses financeiros a partidos

[Em depoimento à PF, dono da Odebrecht confirma repasses financeiros a partidos]
19 de Maio de 2015 às 07:33 Por: Divulgação Por: Redação Bocão News (twitter: @bocaonews)

O diretor-presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, prestou depoimento na sede da Polícia Federal (PF), em Brasília, na tarde desta segunda-feira (18).

Marcelo Odebrecht foi ouvido no inquérito que investiga a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), também apontada por delatores como beneficiária dos desvios na Petrobras.

A construtora baiana, investigadas na Operação Lava-Jato, informou, por meio da assessoria de imprensa, que o depoimento foi motivado por declarações de Gleisi, de que teria pedido doações de campanha à Odebrecht, em 2010. Segundo a empreiteira, Marcelo Odebrecht confirmou que empresas do grupo contribuíram financeiramente com vários partidos, entre eles o PT.

Em depoimento, o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, que confessou ter recebido da Odebrecht ao menos R$ 59,8 milhões em propina, motivou apuração especial da força-tarefa da Lava Jato contra a empreiteira baiana. Segundo Costa, a propina rendeu a Odebrecht, em consórcio com a também baiana OAS, um contrato de R$ 1,5 bilhão, em Abreu e Lima. A Odebrecht foi a empreiteira que mais faturou na era Lula-Dilma: cerca de 53% dos R$ 71 bilhões gastos nos governos petistas.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar