Política

Executivo da Camargo Correia diz que UTC e Odebrecht também pagaram propina

[Executivo da Camargo Correia diz que UTC e Odebrecht também pagaram propina]
19 de Maio de 2015 às 18:43 Por: Divulgação Por: Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)
De acordo informações do site Época Negócios, o empreiteiro Eduardo Leite, afastado da Camargo Corrêa porque foi preso pela Operação Lava Jato, apontou os nomes do dono da UTC, Ricardo Pessoa, e Márcio Faria, diretor da Odebrecht, como dois representantes que sabiam do esquema de propina. Leite prestou depoimento da Justiça Federal do Paraná, base das investigações na Operação Lava Jato.
 
"Só a Camargo Corrêa pagava propina?", perguntou o juiz federal Sérgio Moro, que dirige as ações da Lava Jato. "Não. Eu cheguei a ouvir de outras empresas que elas pagavam propina", afirmou Leite. "O sr. pode me esclarecer?", insistiu Moro. "Posso. O doutor Ricardo Pessoa uma determinada vez me comentou 'pô essa situação é desconfortável, né? Esse acerto que a gente tem que fazer esses volumes de dinheiro'. Então ele fez uma reclamação nesse sentido e em outra ocasião o Márcio Faria da Odebrecht fez a mesma reclamação."
 
Pessoa já é réu da Lava Jato. Ele foi preso no dia 14 de novembro de 2014, quando a Polícia Federal deflagrou a Operação Juízo Final, fase da Lava Jato que pegou o braço empresarial do esquema implantado na estatal petrolífera. Pessoa está fazendo delação premiada na Procuradoria Geral da República no âmbito dos inquéritos envolvendo políticos com a corrupção na Petrobras.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar