Política

No vermelho

[No vermelho]
05 de Outubro de 2010 às 14:12 Por: Daniel Pinto


Plínio Arruda Sampaio, de 80 anos, foi uma das grandes atrações da campanha eleitoral deste ano. O veterano socialista conquistou o Brasil com bom humor, sagacidade e combatividade, características apresentadas (sobretudo) nos debates televisivos. O problema é que a popularidade não foi convertida em votos. Apenas 886.816 escolheram Plínio como presidente, o que representa menos de 1% dos votos válidos.

Após a campanha, como se já não bastasse o insucesso nas urnas, o PSOL amarga uma dívida de R$ 100 mil contraída com passagens aéreas e hospedagens em hotéis por todo Brasil. De acordo com Lauro Jardim, colunista da Veja, Plínio esperava arrecadar R$ 140 mil com doações pela internet, mas conseguiu apenas R$ 5 mil.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar