Política

PSD vai controlar máquina superior a R$ 60 bilhões

[PSD vai controlar máquina superior a R$ 60 bilhões]
05 de Maio de 2011 às 16:27 Por: Rafael Albuquerque



O PSD, partido a ser fundado pelo prefeito paulistano e ex-DEM Gilberto Kassab, nasce com vocação governista e alto poder de fogo na eleição municipal de 2012, pois terá sob seu domínio máquinas públicas em Estados e prefeituras com orçamento acima de R$ 60 bilhões, segundo matéria do Estadão.

Com o registro em cartório marcado para a próxima semana, o PSD surgirá no cenário político nacional com, pelo menos, dois governadores (Amazonas e Santa Catarina) e cinco vices, entre eles o baiano Otto Alencar (PP). Além de Kassab, outro prefeito de capital deve fechar com a legenda, o de Maceió, Cícero Almeida (PP). O poder das estruturas locais será decisivo na eleição para prefeito no ano que vem.

Na Câmara, são 41 deputados federais comprometidos a entrar na sigla, número que pode chegar a 45. No Senado, dois parlamentares anunciaram o ingresso na legenda, número que pode chegar a seis. A estratégia inicial da cúpula do partido é fortalecer o PSD politicamente, para depois poder viabilizá-lo juridicamente. O pedido de registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), último passo para criação oficial da sigla, quando forem coletadas as quase 500 mil assinaturas, deve ser enviado apenas no fim de junho.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar