Política

"Vou deixar a barba valorizar mais até 2013", disse Pelegrino

["Vou deixar a barba valorizar mais até 2013", disse Pelegrino ]
09 de Maio de 2011 às 09:21 Por: Redação Bocão News
No evento em que o governador Jaques Wagner resolveu raspar a barba, numa ação beneficente, estiveram presentes os sem barba: Otto Alencar, governador em exercício (Wagner viajou ontem mesmo), o prefeito João Henrique (PP), os secretários Maurício Barbosa (SSP) e João Carlos Bacelar (Educação municipal), o delegado-geral da Civil, Hélio Jorge, de forma que o barbeiro oficial de Wagner, não iria raspar mais ninguém.

Apenas o não tão barbudo assim, deputado Federal Nelson Pelegrino, que resolveu aparecer e tudo que é evento público de Salvador, informou que em 2013, pode vender a barba para aplicar o dinheiro no município, como foi informado na coluna Tempo Presente, por Biaggio Talento, desta segunda-feira (9), como vez seu guru Wagner. 
 
Aliás, este foi o único provável candidato ao Palácio Thomé de Souza, que adentrou a Escola Municipal Tertuliano de Góes, no Alto das Pombas. Mais cedo, antes da chegada da comitiva do governador, Olívia Santana (PCdoB), eterna possível candidata a prefeita de Salvador, foi vista saindo de fininho pelas ruas do bairro próximo à escola.
 
Nos bastidores do evento a informação é de que a vereadora do PCdoB foi barrada ao tentar uma investida frustrada de estar no evento. Ela chegou a ser vista nas imediações da escola, mas não teve acesso ao local.

Confira abaixo a nota do A Tarde:

Valorizando o material

O único barbudo de peso na raspagem da barba do governador Jaques Wagner, ontem, no Alto das Pombas, foi o deputado Nelson Pelegrino (PT-BA). Evidentemente precisou responder se haviam lhe feito alguma proposta na mesma linha. “Vou deixar a barba valorizar mais até 2013 e se alguém e se alguém quiser pagar aplico o dinheiro no município”, disse o petista, candidato declarado a prefeito de Salvador.

//Foto: Gilberto Júnior / Bocão News
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar