Política

Câmara já discute sucessão

[Câmara já discute sucessão ]
14 de Setembro de 2010 às 15:31 Por: Daniel Pinto

O mandato do presidente da Câmara Municipal de Salvador, Alan Sanches (PMDB), termina em 31 de dezembro deste ano. Apesar de faltar aproximadamente três meses para o fim do período legislativo, nos bastidores do poder já existem candidatos em busca de apoio político. Entre eles, destaque para Pedro Godinho e Sandoval Guimarães, ambos do PMDB, Dr. Pitangueira (PRB), Paulo Câmara (PSDB) e um nome que deve sair do grupo da oposição. 

Em conversa com o Bocão News, Sandoval Guimarães, um dos governistas lembrados no processo sucessório, diz que a campanha para Presidência da Casa só ganhará fôlego após as eleições. “Ainda é muito cedo para discutir isso. Certamente, o quadro político partidário vai sofrer alterações depois do pleito. Além disso, temos muitas pendências na Câmara. Posso citar a reforma do Regimento Interno, que não teve avanços, apesar da contratação de assessores para executar essa tarefa”, observa o peemedebista. 
 
Outro que também está no páreo é Dr. Pitangueira, que pretende conseguir o apoio do bloco “independente”. “Tive que colocar o carro na rua porque já tinha gente fazendo até almoço e jantar de adesão. Tem um pessoal que está um pouco insatisfeito com certas coisas que acontecem. Quero entrar na parada para ganhar”, diz. 
 
A grande incógnita de todo o processo é sobre o apoio do atual chefe do Legislativo. Alan Sanches não deve disputar à reeleição na Câmara porque tem investido pesado para conseguir vaga na Assembleia Legislativa. Além disso, especula-se que ele não lançara um candidato a sucessão. 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar