Política

Paulo Souto acusa Wagner

[Paulo Souto acusa Wagner]
14 de Setembro de 2010 às 20:28 Por: Redação Bocão News
O candidato ao governo estadual pela coligação “A Bahia Merece Mais” (DEM/PSDB), Paulo Souto, enviou nota à imprensa em que condena a estratégia de seu adversário petista, Jaques Wagner, para arregimentar lideranças políticas. O postulante do Democrata defende que o atual governador vem utilizando a máquina pública, mais precisamente, os repasses realizados através de transferências voluntárias para cooptar prefeitos de outros partidos.
 
De acordo com Paulo Souto, há casos em que procedimentos ilegais são observados. O ex-governado revela que um contrato foi celebrado entre a Companhia de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Conder) e a prefeitura de Medeiros Neto, no valor de R$ 1 milhão, no dia 24 de agosto e, portanto, ferindo a lei eleitoral, que estabelece data limite para este tipo de transação.
 
A nota também destaca outros convênios, que segundo Paulo Souto, não foram publicados no Diário Oficial. Ainda de acordo com o candidato do Democrata, o conceito de republicanismo do atual governador só se aplica àqueles que se curvam aos seus interesses políticos. “Das 22 cidades que mais receberam repasses do governo, 17 são administradas por partidos aliados. Isso mostra que Wagner governa sob a ótica do preconceito aos municípios administrados por opositores, garantindo privilégios aos prefeitos da base governista”.
 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar