Política

Otto Alencar desafia Aleluia

[Otto Alencar desafia Aleluia]
18 de Setembro de 2010 às 06:00 Por: Luiz Fernando Lima

Após as insistentes acusações do candidato ao Senado José Carlos Aleluia (DEM), de que Otto Alencar (PP), que compõe a chapa majoritária do postulante à reeleição Jaques Wagner (PT ) como vice-governador, se aposentou com apenas cinco anos de trabalho à frente do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Alencar partiu para o ataque.
 
O progressista desafiou Aleluia para um debate entre os dois. “Já que ele está baixando o nível deste jeito, eu o desafio para debater comigo no local que ele escolher, inclusive, pode ser na mansão dele no Horto”, provocou. De acordo com Alencar, o candidato do Democrata deve estar mesmo desesperado para estar agindo desta forma. " Eu não sou candidato ao Senado, não entendo isso", afirmou.
 
“Vou enviar as imagens das acusações de Aleluia para o meu advogado, se ele ofendeu minha honra vou processá-lo. E ele precisa ficar atento porque a partir de janeiro do ano que vem não há mais imunidade parlamentar”, ameaçou Alencar, contando com a derrota eleitoral do Democrata.

Segundo o vice da chapa de Wagner, “O senador Antônio Carlos Magalhães dizia que o maior erro de Luís Eduardo Magalhães foi ter salvo Aleluia da CPI dos Anões do Orçamento”, revelou. O esquema foi denunciado pelo ex-chefe da Assessoria de Orçamento do Senado, José Carlos Alves dos Santos, em 1993, o antigo parlamentar do PFL, Aleluia, foi citado e absolvido logo após as apuração.
 
Ainda para Otto Alencar, Aleluia é o candidato mais agressivo desta eleição. “Eu sou um sujeito louco para conhecer o medo, quero ver se ele vai me apresentá-lo”, disse. Para o progressista, Aleluia deve estar ficando maluco
 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar